Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 08 - (PATRONO) AFONSO CAMPOS

    AFONSO Rodrigues de Souza CAMPOS: Nasceu no dia 18 de dezembro de 1881, na Fazenda Muribeca, município de Campina Grande, e faleceu no dia cinco de abril de 1916. Era filho do coronel Silvino Rodrigues de Souza Campos e D. Rosalina Agra de Souza Campos.Estudou em Campina Grande, no Colégio do Professor Clementino Procópio, fazendo o curso de Humanidades em João Pessoa. Bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Recife, em 1902, com apenas 21 anos de idade. Ainda Acadêmico, elaborou os trabalhosEvolução do Direito das Obrigações e Ação Penal, que foram publicados na Revista Jurídica, fundada por ele e mais alguns outros estudantes do Curso de Direito. Em 1907, casou-se com D. Porphiria Montenegro Campos, D. Iaiá, filha do coronel Lindolfo de Albuquerque Montenegro.Exerceu a promotoria de Campina Grande com muita lisura e dedicação, porém, atraído pela política, deixou a carreira jurídica e integrou-se ao grupo dissidente que lutava contra o governador Álvaro Machado. Por essa época, o grupo fundou o jornal A República, sob a direção a direção do Senador Gama e Melo e de Afonso Campos que, por algum tempo, redigiu em sigilo os editoriais desse jornal. Eleito Deputado Estadual, Afonso Campos teve uma atuação marcante na Assembléia. Publicou os trabalhos: Concurso da cátedra de Direito Administrativo e Economia Política; Bancos, suas espécies; Quais os perigos a que se expõem os Bancos que comanditam indústrias; Memorial sobre direitos do Estado e dos Municípios dos terrenos das extintas aldeias de índios; A moeda.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

CASTRO, Oscar de Oliveira. Vultos da Paraíba. Rio de Janeiro: Imprensa

Nacional, 1955.

PEREIRA, Joacil de Brito.O homem público Afonso Campos. João Pessoa: Universitária. 1967.

Add comment


Security code
Refresh