Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 09 - (FUNDADOR) A. ROCHA BARRETO

      Antônio da ROCHA BARRETO: Nasceu em Catolé do Rocha no ano de 1882 e faleceu no dia 15 de novembro de 1958, em João Pessoa. Era filho de Ferreira de Araújo Barreto, descendente de portugueses, e de D. Francisca Rocha Barreto. Fez os estudos fundamentais em Catolé do Rocha; não teve formação acadêmica. Ingressou no serviço público, como postalista, nos Correios e Telégrafos, ascendendo a oficial administrativo, aposentando-se nesta função. Autodidata, dedicou-se às letras e enveredou na imprensa paraibana, notabilizando-se pelo talento, pela responsabilidade e, sobretudo, pela sinceridade. A experiência vivida no serviço público serviu-lhe para escrever o livroO Correio daParaíba há cem anos, em 1940.

      Foi diretor de O NORTE, A IMPRENSA, e colaborou em diversas revistas e jornais da capital, entre as revistas, citamos: Manaíra, Menina e Ilustração; e nos jornais: A União, Correio da Manhã e Liberdade. Foi membro-fundador da Associação Paraibana de Imprensa e da Academia Paraibana de Letras; pertencia ao quadro do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano. Escreveu os artigos Rafael de Holanda e O Cólera.

A Academia era como um remanso sagrado e, sem dúvida alguma, foi-lhe nos derradeiros momentos da sua existência, um estímulo, uma alegria, uma bem-aventurança espiritual”. (Revista da APL, nº 07, p.07).

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

ARAÚJO, Fátima.História da API, João Pessoa; 1985.

Add comment


Security code
Refresh