Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 18 - (1º SUCESSOR) EPAMINONDAS CÂMARA

EPAMINONDAS CÂMARA : Nasceu em 04 de junho de 1900, na cidade de Esperança, Estado da Paraíba e faleceu em 28 de abril de 1958; filho de Horácio de Arruda Câmara e D. Idalgina Sobreira Câmara , casado com a prima Isaura Gameiro, não deixou descendentes. Não teve uma instrução sistemática. Aprendeu as primeiras letras em Esperança com a professora Maria Sobreira, depois, com o deslocamento da família para Taperoá, antiga Batalhão, passou a receber alguns ensinamentos do professor Minervino Lucíolo de Vasconcelos Cavalcanti, indo para Campina Grande, o professor Clementino Procópio ensinou-lhe alguns rudimentos gramaticais e o professor Renato Alencar transmitiu-lhe noções de Contabilidade. . A sua força de vontade, aliada à inteligência, fez com que conquistasse o seu espaço na Academia Paraibana de Letras, assumindo a sua Cadeira no dia 21 de julho de 1945, saudado pelo acadêmico Hortênsio Ribeiro. Ele passava o dia todo num estabelecimento comercial de Campina Grande, não sobrando tempo para dedicar-se à literatura, porém, enquanto trabalhava, organizava mentalmente os seus trabalhos literários e, à noite, transferia para o papel tudo o que estava esboçado na mente Daí, o grande mérito da sua produção, dos seus trabalhos. Publicou:Os alicerces de Campina Grande - esboço histórico do povoado e davila, 1943; Municípios e freguesias na Paraíba, 1946; Datas campinenses, 1947. Além destes, deixou publicados folhetins e muitos artigos em jornais, a maioria em A Imprensa.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

PBLETRAS Jornal mensal de cultura, Ano 1, nº 3. Campina Grande: julho/2000.

RIBEIRO, Hortênsio de Souza. Discurso de recepção, In: Revista da APL, nº 02, João Pessoa: 1947.

 

 

 

 

Add comment


Security code
Refresh