Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 19 - (FUNDADOR) DURWAL ALBUQUERQUE

DURWAL Cabral de Almeida e ALBUQUERQUE: Nasceu na capital do Estado da Paraíba, em 09 de novembro de 1908 e faleceu, também, nesta cidade, em 25 de junho de 1973. Era filho de Álvaro Frederico de Almeida Albuquerque e D. Rosa Cabral de Albuquerque. Casado, em primeiras núpcias, com D. Bernardina Mesquita, não deixou descendentes; ficando viúvo, casou-se com D. Maria de Lourdes, nascendo dessa união, seis filhos.

Formado em Direito pela Faculdade do Recife, ocupou vários cargos de destaque no Estado. Foi interventor da Prefeitura de Itabaiana, em 1937, substituindo o Prefeito Abelardo Jurema; Juiz Federal; Secretário do Conselho Administrativo do Estado; Procurador do Domínio do Estado; Diretor da Divisão do Orçamento do Serviço Público; Diretor Geral do Departamento do Serviço Público. Aposentou-se, em 1949, no cargo de Diretor da Divisão de Pessoal, quando passou a exercer a advocacia. Em 1952, integrou a Diretoria do ASPEP, como consultor jurídico, tendo sido, também, redator e secretário do Jornal ASPEP. Era membro do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano e foi um dos dez fundadores da Academia Paraibana de Letras; atuou na imprensa paraibana, tendo iniciado como revisor do Jornal A União, em 1930, sob a direção do jornalista Osias Gomes, chegando a redator. Não deixou livros publicados, mas podemos encontrar trabalhos de sua autoria de grande valor literário e histórico, nas revistas da APL e do IHGP. Alguns títulos publicados:

Cidadão do mundo; Homenagem a Bilac; Solon de Lucena-cidadão e homem do Estado; Solon de Lucena; Irineu Pinto; Discurso de recepção ao acadêmico Demócrito de Castro e Silva; Flagrantes de uma grande vida; O bispo mártir; A maior expressão histórica da nossa bravura; \24 de novembro e não 5 de agosto.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

Revista do IHGP, vol. 18. João Pessoa:

Revista da Academia Paraibana de Letras, vol. 08. João Pessoa: 1978.

Add comment


Security code
Refresh