Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 27 - (FUNDADOR) LAURO LYRA NEIVA

LAURO Lyra NEIVA: Nasceu no dia 29 de novembro de 1904, na capital do Estado da Paraíba e faleceu no Rio de Janeiro, deixando viúva a senhora Alvicoeli Castro Neiva, com os filhos: Paulo de Castro Neiva, médico, e Suzete de Castro Neiva.

Até os cinco anos de idade, Lauro Neiva viveu em São Paulo, na cidade de Santos, com a transferência do pai, que era funcionário da Alfândega, passou a residir em Belém, capital do Pará, onde estudou. Concluiu o curso de Contador e voltou à Paraíba, em busca de emprego. Através de concurso público, ingressou nos Correios e Telégrafo, mas sempre com o desejo de ser médico. Deixou a Paraíba e viajou ao Rio de Janeiro, exercendo, aí, o cargo de Secretário do Ministro da Fazenda, a convite do Professor Francisco d’Auria, Contador Geral da República. Matriculou-se na Faculdade Nacional de Medicina, diplomando-se em 1935. Após a conclusão do curso, recebeu várias propostas de trabalho e, sem deixar o Gabinete do Ministro da Fazenda, foi ser assistente do renomado psiquiatra Henrique Roxo. Lauro Neiva era um homem íntegro, de muita personalidade, digno e responsável. “Desambicioso de bens materiais, simples, ocupado e preocupado mais com a dor alheia do que com o bolso, o Dr. Neiva foi no desempenho de sua profissão, antes de tudo,um missionário e jamais um mercenário”. (Carlos Romero).

Além de médico e medium, Lauro Neiva foi poeta, cronista, ensaísta e jornalista. Colaborou nos jornais do Rio de Janeiro e de Belém. Na capital paraibana, escreveu em A União, Liberdade e na Revista Era Nova, sempre enfocando fatos sociológicos . Formado pela Faculdade do Rio de Janeiro, estagiou nos maiores centros psiquiátricos desse Estado e dos Estados Unidos. Trabalhou na Santa Casa de Misericórdia, nos Hospitais Moncorvo Filho e São Francisco.Era membro efetivo da Liga Brasileira de Higiene Mental, Sócio fundador da Associação Psiquiátrica do Rio de Janeiro, Sócio do Sindicato Médico do Rio de Janeiro, Sócio Fundador, Sócio Fundador da Associação Internacional de A outra medicina, Diretor do Hospital Espírita Pedro Alcântara e Interno do Hospital Pró-Mater. Ingressou na Academia Paraibana de Letras em 11 de março de 1972, saudado pelo acadêmico Osias Gomes. Trabalhos publicados: Aconteceu no outro mundo; O psiquiatra e o invisível; Forças do espírito; Os mortos ensinam aos vivos; Aveloz a planta que mata o câncer; Carlos Dias Fernandes – mensagem esotérica em poesia olímpica de glória; Cruz e amor; Diário de notícias; O correio da Paraíba; A vanguarda; O poti; Il corriere Del Pomeriggio (Gênova); Corriere della sera (Gênova, l973).

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

ROMERO, Carlos. Lauro Neiva- um médico entre dois mundos. João Pessoa: 1981.