Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 28 - (PATRONO) Pe. LINDOLFO JOSÉ CORREIA DAS NEVES

LINDOLFO José CORREIA das Neves : Nasceu na capital do Estado da Paraíba, em 05 de agosto de 1819 e faleceu em 19 de maio de 1884; filho do major de infantaria José Maria Correia e D. Maria Rita de Lima. Aos cinco anos de idade foi morar em Portugal, fazendo , aí, os estudos fundamentais: Voltou ao Brasil e matriculou-se no seminário de Olinda, por influência da avó materna; foi ordenado padre em 10 de outubro de 1843. Sem muita vocação para o clero, decidiu-se pela carreira jurídica, bacharelando-se em Direito pela Faculdade de Direito de Olinda. Retornou à cidade natal, passando a exercer a advocacia e o jornalismo.Em 1862, fundou O Publicador, primeiro jornal que circulou diariamente, na Paraíba; caracterizou-se pelas polêmicas travadas entre os outros órgãos de imprensa e que eram rebatidas e ridicularizadas pelo Bossuet da Jacoca, de Cardoso Vieira; dirigiu O Polimático e foi redator de O Liberal, semanário editado em 1877. O Pe. Lindolfo foi Deputado Provincial e Deputado Geral em várias legislaturas, tornando-se conhecido pela eloqüência dos seus discursos, feitos de improviso, com senso jurídico e independente.. Exerceu as funções: Secretário de Governo, Procurador Geral da Tesouraria da Fazenda, professor de Filosofia e Álgebra do Lyceu Paraibano. Sócio fundador do Instituto Histórico e Geográfico de Olinda, Membro da Sociedade Auxiliadora do Instituto Nacional; agraciado com a Comenda da Ordem Imperial da Rosa, em 21 de março de 1860. Escreveu: Jesus Cristo e os filósofos; A vida humana; O plágio e Ensaios filosóficos.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

LIMA, Albertina Correia. Traços biográficos de Lindolfo Correia Neves. In:

Revista do Inst. Hist. e Geográfico Paraibano, nº 12, 1953.

NÓBREGA, Apolônio. Discurso de posse na APL. In: Revista da APL, nº 07, 1960.