Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 30 - (FUNDADOR) FRANCISCO BARBOSA COUTINHO FILHO

FRANCISCO Barbosa COUTINHO FILHO : Nasceu na cidade de Bananeiras, Estado da Paraíba e faleceu no Rio de Janeiro, em 1976. Fez o curso primário na cidade natal, vindo depois para a capital do Estado, matriculando-se no Colégio Diocesano Pio X. Formou-se em Direito pela Faculdade do Recife.

Francisco Barbosa Coutinho Filho descendia das aristocráticas famílias que plantavam café, cultura iniciada na Paraíba depois do ano de 1850 , cujo apogeu foi até o ano de 1921, tendo sido introduzida na Paraíba pelo gaúcho Tomé Barbosa da Silva..

Tendo sido nomeado Fiscal de Consumo, Francisco Coutinho percorreu vários Estados no despenho dessas funções. Em Bananeiras, lecionou no Grupo Escolar Xavier Júnior e no Instituto Bananeirense, sob a direção do Professor Pedro Almeida. Era folclorista, historiador, sociólogo, humanista e repentista popular. Ingressou na Academia Paraibana de Letras em 31 de julho de 1971, recepcionando pelo acadêmico Osias Gomes. Trabalhos de sua autoria: Repentistas e glosadores; Violas e repentes(premiado pela Academia Brasileira de Letras);Dimensões de Goiás intelectual; Folclore em áreas da Paraíba (conferência).

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

ARQUIVO DA APL.

MARIZ, Celso. Cidades e homens. João Pessoa: A União, 1945, p.106.

NÓBREGA, Humberto. Evolução histórica de Bananeiras, in: Revista do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano, vol. 16. João Pessoa: 1968.