Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 24 - (2º SUCESSOR) EVALDO GONÇALVES

EVALDO GONÇALVES de Queiroz :Nasceu em São João do Cariri, Estado da Paraíba, em 15 de junho de 1933; filho de José Gonçalves de Queiroz e d. Felismina Maria de Queiroz. Estudou no Colégio Diocesano Pio XI, em Campina Grande, tendo os cursos de Direito, pela Universidade Federal da Paraíba e Filosofia, pela Universidade Federal de Pernambuco. É advogado, professor universitário, escritor e político. Entre as funções públicas, ressaltamos: Funcionário do IBGE –Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; Diretor de Educação e Cultura de Campina Grande; Promotor Público das Comarcas de Pocinhos e Campina Grande; Secretário da Administração de Campina Grande; secretário da Administração do Estado, na no governo Ernani Sátyro; Chefe da Casa Civil do Governo do Estado da Paraíba, 1973;, ; atualmente, ocupa o cargo de Secretário da Ação Social do Governo do Estado, tendo ocupado, também, a Secretaria de Educação do Estado, neste ano de 2000. Foi professor de História Gral e do Brasil no Colégio Diocesano Pio XI, Colégio Estadual de Campina Grande e do Colégio Técnico de Administração; professor de Geografia Humana da Faculdade de Ciências Econômicas de Campina Grande e professor de Geografia Econômica da Faculdade de Ciências da Administração da Universidade Regional do Nordeste; professor de Estudos dos Problemas Brasileiros da UFPB. Vereador em Campina Grande; Deputado Estadual, por três mandatos consecutivos; Governador , eventual, do Estado, em 1985; Deputado Federal (1986/1994); membro do Conselho Estadual de Educação do Estado; membro efetivo da Associação Brasileira de Técnicos em Administração. Foi Presidente da Assembléia Legislativa do Estado (1985/86); Líder do Governo Ivan Bichara, 1976/78; Alguns dos seus trabalhos publicados: Ocidentes: legados e perspectivas, 1957; A América pré-colombiana, 1957; Nossa primeira defesa (discurso de orador de turma), 1963; Do horário do comércio (parecer), 1963; Do “Quorum” nas câmaras de vereadores (parecer), 1963; Capitalismo: crises e alternativas, 1964; Geografia humana: Conceito e objetivo, 1964; Modelos de código tributário municipal, 1969; Manuais de serviço tributário e patrimônio, 1969; Plano de classificação de cargos, 1969; A verdade, somente averdade, 1970; Integração política: fatos de segurança nacional (discurso como orador ta turma do II Ciclo de Estudos sobre o Desenvolvimento e Segurança, promovido pela ADESG); A revolução brasileira: desenvolvimento e modelo político, 1975; Festa do dever cumprido, 1975; José Américo: profeta em sua terra, 1977; João Calmon: cidadão do Brasil, 1977; Da recompensa de ser Deputado, 1978; Da hora e da vez de agradecer, 1981; Argemiro: líder do seu povo, 1981;Sonho de estudante, lição de eternidade, 1981; Afonso Campos e Campina naprimeira república, 1981; Três discursos: Mais um dos nossos- A grandeza doquotidiano e Ouvir ou ver estrelas?, 1983; O mundo começa em Campina, 1984; Epitácio contra o epitacismo?; Auroras que jamais entardecerão, 1984; A hora éesta! o nordeste não pode mais esperar, 1987; À Paraíba sempre, 1989; Meu capitalé o trabalho, 1990; Valeu, amigos!, 1991; Memória política, 1993; Alegria de poder voltar, 1994; Elpídio: o homem - encontro, 1998; Signos da Paraíba, 1990; Cristiano Lauritzen, 2000.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

Curriculum vitae elaborado pelo acadêmico.