Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 33 - (1º SUCESSOR) FRANCISCO PEREIRA DA NÓBREGA

FRANCISCO Pereirada NÓBREGA: Nasceu em 24 de abril de 1928, em Nazarezinho, Estado da Paraíba. Fez os estudos primários em Cajazeiras, ingressando, a seguir, no Seminário Arquidiocesano da Paraíba, ordenando-se padre. Posteriormente, freqüentou a Universidade Católica de Paris, realizando cursos de Literatura e Doutorado em Filosofia; em Roma, na Pontifícia Universidade Gregoriana, fez os cursos de Licenciatura e Mestrado em Teologia. Viajou, ainda, por diversos outros países da Europa, tornando-se conhecedor da língua e dos costumes desse povo. Poliglota, domina bem os idiomas: Português, Francês, Italiano, Espanhol, Alemão Sueco e Grego. Em 1968, deixou o sacerdócio e integrou-se ao contexto político e social, participando dos problemas da sociedade como cidadão, não se afastando, porém, dos seus princípios e da sua formação cristã; em 1971, casou-se com D. Lígia Aparecida Moura Pereira Nóbrega, nascendo dessa união os filhos: Melissa, Marama e Francisco.

Francisco Pereira é um homem simples, desprovido de vaidade, zeloso da sua privacidade, levando uma vida discreta, dedicada aos estudos, ao trabalho e à família. Suas crônicas diárias revelam a preocupação que ele tem com os menos favorecidos pelo destino e pela injustiça social. Analisando cada caso pelo aspecto filosófico, leva o leitor a uma reflexão mais profunda sobre a nossa realidade. Já colaborou em diversos jornais do Estado; foi redator de A Notícia e de A Imprensa, Correio da Paraíba e Correio Braziliense. Atualmente, mantém coluna diária no Correio da Paraíba. . Ingressou na Academia Paraibana de Letras, em 24 de abril de 1981, recepcionado pelo acadêmico José Rafael de Menezes. Publicou: A palavra na construção do homem. João Pessoa: A União, 1982.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

Arquivo da APL

Informações do acadêmico, em 1991.