Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 36 - (PATRONO) MANUEL TAVARES CAVALCANTI

Manuel TAVARES CAVALCANTI: Nasceu em Alagoa Nova, Estado da Paraíba, em 16 de agosto de 1881 e faleceu no Rio de Janeiro, em 1º de abril de 1950; filho do Dr. João Tavares de Melo Cavalcanti e D.Maria das Neves Pereira de Araújo Tavares Cavalcanti Formou-se em Direito pela Faculdade do Recife, em 1911, ganhando como prêmio, pela sua brilhante atuação no curso, uma viagem de estudos na Europa. Como jornalista, atuou na capital do Estado nos jornais A União, A Notícia, O Combate, O Norte, na Revista Era Nova e nas Revistas do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano. Ingressou na política em 1907, elegendo-se Deputado Estadual, em seguida, foi eleito Deputado Federal, exercendo vários mandatos, durante vinte anos.Em 1930, foi eleito Senador da República, não sendo, porém, a sua eleição reconhecida. Lecionou História Universal e História do Brasil no Lyceu Paraibano e na escola Normal; no Rio de Janeiro, exerceu os cargos de escrivão de Juízo de Menores e Primeiro Inventariante Judicial, sendo, também, professor de Direito Romano, na Universidade Católica do Distrito Federal. Publicou: Epítome de História da Parahyba, Imprensa Oficial, 1914;Congresso Nacional-Anais da Câmara dos deputados; Discursos dos anos 1909, 1921, 1923, 1926, 1927 e 1928. Imprensa Nacional; Memórias da fundação da Paraíba, Imprensa Oficial, 1906.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

FURTADO Maurício. Manuel Tavares Cavalcanti(Elogio acadêmico). Revista da

Academia Paraibana de Letras, nº 07,1960.

TAVARES, Eurivaldo Caldas. Tavares Cavalcanti – O romano antigo. Discurso

Proferido na Academia Paraibana de Letras, por ocasião do seu 40º aniversário e do centenário de Tavares Cavalcanti.