Buscar

Academicos Atuais

Usuários Online

Nº 37 - (FUNDADOR) EDUARDO MARTINS DA SILVA

EDUARDO MARTINS da Silva: Nasceu no dia 13 de outubro de 1918, na cidade de Goiana, Estado de Pernambuco; filho de Francisco Martins da Silva e D. Jovita Monteiro Martins. Faleceu em João Pessoa, em 16 de janeiro de 1991. No ano de 1928, os seus pais vieram residir na capital paraibana, onde fez o curso primário com a professora Emerentina Coelho, no Grupo Escolar D. Pedro II e o secundário no Lyceu Paraibano. Casou-se com D. Arlinda Câmara Martins, com quem teve a filha Vera Lúcia. Falecendo D. Arlinda, casou-se com D. Joselita Martins da Silva, nascendo os filhos Eduardo e Joselita. Iniciou a vida profissional como comerciante, dedicando-se por vários anos à venda de livros, ingressando, depois, no Serviço Público, através do jornalismo. Foi redator de A União; diretor do Correio das Artes, suplemento literário do Jornal A União, no Governo do Dr. Oswaldo Trigueiro; a seguir, entra no Serviço Público Federal como funcionário da Caixa Econômica, ocupando, sempre, cargos de alta responsabilidade, mesmo assim, nunca deixou as atividades literárias, o jornalismo e a pesquisa em que era exímio. Através de um trabalho sério e meticuloso, Eduardo Martins, ofereceu à Paraíba uma imensurável contribuição pelas suas pesquisas; possuidor de uma invejável biblioteca, instalada em sua residência, onde se encontrava um rico acervo composto de muitos livros , jornais e documentos importantíssimos e de valor histórico.

Eduardo Martins era pesquisador, historiador e poeta; colaborava assiduamente em jornais e revistas da Paraíba e de outros Estados. Escreveu em: O Dia; A União; O Norte; Menina; Ilustração; Cultura; Aurora; Gazeta de Notícias (Rio); Movimento; Classe; Estudos; Manaíra; O Estado; O Nordeste (Fortaleza); Diário de Pernambuco; Presença (Recife);Revista D’Aquém e D’Além Mar (Lisboa); Diário dos Açores (Ponta Delgada – Portugal); Correio da Paraíba, João Pessoa. Assumiu a sua cadeira na APL, em 27 de novembro de 1971, recepcionado pelo acadêmico Afonso Pereira, tendo ocupado por vários anos a função de Secretário Geral e Diretor da Biblioteca e do arquivo da entidade.

Publicou:Céo cheio de estrelas, 1936; Poemas, 1937; Poemas da hora incerta, 1939; Integração, 1941; Lua de outono, hai-kai; 1942; Canto da amada ausente, 1943; Poemas, 1937/45; Novos poems hai-kai; Poemas japoneses, tenka e hai-kai,Tradução, 1950; Breve antologia brasileira de hai-kai, 1954; Acalanto, 1950/66; Ária serena, hai-kai, 1942; Solitude, 1937/47; Poemas de Langston Huches(seleção, tradução e notas), 1970; Hoedeslin (12 poemas, seleção, tradução e notas) 1970; Quinze poemas de Nazim Hikmat, 1977; João Pessoa, através de duas mensagenspresidenciais, 1978; A União e história da Paraíba, 1978;Cinco poemas de França, 1979; Allyrio Meira Wanderley - notícia bibliográfica, 1971; Eliseu Elias Cezar-notíciabibliográfica;Coriolano de Medeiros; Primeiro jornal paraibano(apontamentohistórico); Carlos Dias Fernandes; A União – Jornal e História da Paraíba; ATipografia do Beco da Misericórdia; Cardoso Vieira e o Bossuet da Jacoca(perfilbiográfico), 1979; José Lins do Rego, o homem e a obra, 1980;Padre Azevedo, sua vida, seus inventos, 1983; Obras poéticas de Peryllo D’Oliveira, 1983;

Academia Paraibana de Letras. Subsídios para a sua história (1941-1972).

 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

Arquivo da APL.

FERREIRA, Diana Carmen Martins de Assis. Eduardo Martins da Silva - Notícia Biobibliográfica. João Pessoa: IMPRELL, 1998.