Academia Paraibana de Letras

Na próxima sexta-feira, 06 de dezembro, o jornalista Ramalho leite, advogado, político e escritor tomará posse na Academia Paraibana de Letras. O novo imortal vai ocupar a cadeira numero 07, vaga com o falecimento do saudoso escritor, também jornalista e político, Dorgival Terceiro Neto, nascido em Taperoá e que chegou ao cargo de Governador da Paraíba.

A cadeira da APL a ser ocupada por Ramalho Leite tem como patrono o também jornalista Artur Aquiles, que pontificou na imprensa paraibana até a década inicial do século passado.

Seu fundador, foi também fundador da Academia de Letras,  igualmente jornalista, o professor Coriolano de Medeiros, primeiro presidente da APL. Após a morte de Coriolano, a Cadeira Sete foi ocupada pelo médico e historiador Maurilio Almeida, nascido em Bananeiras e finalmente, por Dorgival Terceiro Neto.

Ramalho Leite é bananeirense do antigo Distrito de Borborema,hoje cidade, e exerceu os mandatos de vereador em sua terra natal, deputado estadual e federal. Foi ainda diretor do Banco do Nordeste, Secretário de Estado e Presidente de A União, imprensa oficial do Estado.Depois que deixou de exercer mandatos eletivos, Ramalho Leite voltou a colaborar com os jornais O Norte, Correio e A União e publicou vários livros entre os quais Dá Licença Um Aparte, Nos Espelhos do Palácio e mais recentemente Em Prosa e no Verso e o Vendedor de Calúnias.

Exímio contador de histórias, Ramalho publicou um livro com cem historias do folclore político da Paraíba intitulado O Poder de Bom Humor, todos as suas produções, com edições esgotadas.

Na Academia Paraibana de Letras, em solenidade presidida pelo escritor Damião Ramos Cavalcanti, o novo acadêmico será recepcionado pelo imortal Juarez Farias, ex-presidente daquela casa de letras e de artes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *